Monday, February 05, 2007

Buenos Ayres, Brazil

Não é de hoje que perguntam se nossa lingua materna é o espanhol, ou falam 'gracias' quando querem parecer simpáticos, mas essa semana vimos um anúncio no MetroNews que não vai ajudar em nada reverter essa situação.

Aqui em Toronto, para que se possa comprar bebidas alcoólicas por aqui é necessário ir até um vendedor especializado. Os que conhecemos são o LCBO e a Beer Store. São lojas que funcionam como franquias especializadas, onde o franqueador é o governo (acho que é isso...). Toda a venda e distribuição é controlada e não se pode ir à 'padaria' ou ao supermercado para abastecer a geladeira ou o bar.

Na LCBO, apesar das garrafas de 3 litros e das caixinhas tetrapack (igual às de leite/suco), em geral encontramos uma boa quantidade de rótulos de vinhos canadenses, italianos, franceses, alemães, australianos e outros.

Esse mês a LCBO está fazendo uma promoção de vinhos da América do Sul, mais especificamente da Argentina e do Chile. O anúncio é bonito, com um casal dançando tango de um lado e um vinho chileno do outro. Triste mesmo é a chamada no jornal: Você quer uma Garota de Ipanema?

Agora sabemos o por que deles confundirem todos os países abaixo do México.

Hasta la vista.

6 comments:

Paula Regina said...

Putz! vou comentar para dizer "Sem comentários"! Ainda não vi este anúncio.
bjs

.::Ju::. said...

nossa...que feio!! Pior que isso só quando me perguntaram se Buenos Aires era a capital do Brasil! E viva aos professores de geografia gringos!

Beijos!

Erasmo & Elaine said...

Depois daquele mapa onde a Amazônia nao pertence ao Brasil, tudo é possível...hahahah!

Grande abraço!

Erasmo

Marcelo, Julia e Cia said...

Esse tipo de non-sense é normal no mundo todo. Quando estava viajando pela Ásia, perguntavam se vestíamos roupas, tinha cobra nas ruas, onde aprendemos a comer com garfo e faca e coisa e tal. Nas primeiras vezes, ficava irritado com esses comentários, mas temos que entender que, aqui no Brasil, também acontece essas coisas.
Nós, brasileiros, temos a mania de chamar qualquer estrangeiro de gringo. Quando chamamos um canadense de gringo, ele vai querer dar uma aula de hitória e geografia.... hehehehe
Abs,
Marcelo

Jeanne said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Jeanne said...
This comment has been removed by a blog administrator.