Monday, April 12, 2010

O pao nosso de cada dia


(post sem acentos).

Neste final de semana, eu estava na fila do caixa de um dos mercados portugueses quando o “padeiro” chegou com um rack cheio de pao fresquinho. O pessoal que estava na fila no caixa comecou a gritar, dizendo que queria 1, outros queriam 2....

O padeiro simpatico trouxe o rack para proximo a fila do caixa onde estavamos, pois assim poderia servir a todos sem que tivessemos que entrar na fila para pagar de novo...

Os paes tinham uma cara otima, estava cheirosos e eu estava na duvida se comprava ou nao, mesmo por que apesar do cheiro tentador de pao quentinho, o padeiro portugues estava enfiando a maozona nos paes e colocando no saquinho sem luva, sem nada e para quem me conhece, sabe que o quesito higiene eh fundamental.

O cheiro estava tao bom, e tanta gente comprando que naquele instante eu achei que iria superar esta barreira higienica e compraria e comeria sem maiores problemas, ja que eu tinha sido fisgada pelo estomago mesmo...

Acho que o padeiro viu o desespero na minha cara, nao eh possivel!!!

Quando chegou a minha vez eu pedi 1 pao, e na mesma hora ele me pergunta “vc eh brasileira?!”, eu na mesma hora respondi que sim, mesmo por que todo mundo sabe das diferencas entre portugues portugal e o nosso portugues, e nao adiantava eu falar que nao pq nao ia colar. Enfim, ele me disse “ So um minutinho” e foi para dentro do estabelecimento.

Eu curiosa, mesmo pq so foi ele saber que eu era brasileira para desaparecer... Alguns minutinhos depois ele retorna com 2 luvinhas descartaveis novas, ele as veste, pega o pao com a luvinha, coloca no saquinho, e me entregou com um sorrizinho, e eu claro (naquele momento feliz da vida, ja que os paes nao estariam tao mais contaminados) dei um sorrizinho de volta.

Continuei na fila do caixa, feliz da vida, ainda mais quando percebi que o senhor atras de mim era portugues e quando ele pediu tb 1 pao, o padeiro jogou as luvinhas plasticas no chao e voltou a servir todos com a mao.

Hahaha, fiquei completamente sem entender pq o fato de ser brasileira fez com que ele usasse luva. Sei que somos comnhecidos pela limpeza excessiva (ainda mais para os padroes canadenses), mas tratamento VIP assim na frente de todo mundo foi bom demais :D. Adorei!!!!

Ah!!! Quando cheguei em casa, fui fatiar o pao, e realmente, valeu o "investimento e a tensao", estava mto bom!!!

13 comments:

Josafá e Bianca - Anunciando as Boas Novas! said...

uahuahuhauhauahu........
to rolando de rir... engraçada demais essa situação.
é melhor sermos considerados neuróticos de limpeza do que porquinhos.... hahaha....

Carol said...

Nossaaaa....queria poder postar aqui uma foto com a minha cara e do meu marido quando lemos isso, huahuauahuahahuahuhua....que coisa, rsrs....
eles devem ter tido muito problema com Brasileiro ja, huauhuauah...
Abraços
Carol

Bea said...

Haahahhahahaha... essa foi impagável!!!

Diário Canada Brasil said...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, muito bom!
Espero que tenha valido a pena, mas como ele soube que vc era brasileira???????

Dani said...

Eita, que coisa doida!

Bom, mas melhor sermos reconhecidos pela limpeza do que pela porquice né?? (melhor nem citar nacionalidades porquinhas...)

Bjo

Alexandra said...

Bom, não há muita diferença entre mãos limpas e luvas de plástico, né? Afinal, essas luvinhas de plástico não são esterelizadas nem nada...

Cátia e Milton said...

Adoramos essa história! Deu para dar umas boas risadas...

Nós, brasileiros, temos mesmo fama de sermos limpos demais.

Dá para sentir o cheirinho de pão só de olhar aquela foto!

s said...

Clap ... Clap ... Clap ...
Muito bom ...
Parece até um conto ...
ahahahah!!!

Taty said...

HAHAHAHAHA que comédia.....

ele bem que poderia ter continuado com a luva né?

hahaha eu tb sou chata.... "o que os olhos não vêem o coração não sente" mas quando vê é difécil de engolir hua hua hua

beijos

César, Valéria, Lara e Anaclara said...

Isso é que é atendimento personalizado. Hehehe.

E a vida segue...

merciquebec said...

oi pessoal, adorei essa história do pão..lol bjokas bom fim de semana=) elen e cleber

isabelag said...

Oi, seu blog esta sendo muito util pois vou entrar com pedido de imigração como skilled worker, vou contratar uma agencia chamada interapoio para cuidar da papelada, vc acha que encontro emprego logo? antes de ir é quase impossivel né? O que é esse co op que vc cita em 2006 para seu esposo?
Grata abraços
BEla

Lupatinadora said...

Dani,

Contei várias vezes essa história já. Ontem no trabalho meu chefe indiano e o chinês que trabalham comigo ficaram impressionados. Comentário do meu chefe indiano: brasileiro acha o Canadá sujo?

Tudo nessa vida é uma questão de referencial...