Friday, April 11, 2008

Falando com as mãos

Sempre soubemos que, como legítimo latinos, gesticular e mexer as mãos enquanto falamos é algo que fazemos naturalmente. Engraçado é notar o quão difícil é não fazê-lo.

Essa semana estava conversando com um colega de trabalho recém contratado e percebi que ao invés de prestar atenção no que eu dizia, ele ficava prestando atenção meus gestos. E olha que eu nem de longe pareço estar dançando uma daquelas músicas havaianas.

Uma vez fizemos um teste. Enquando a Dani me contava uma história, sem que ela percebesse, segurei suas mãos perto da mesa. Sua voz foi sumindo e de repente ela parou de falar.

Estamos condenados à falar com as mãos ou não falar nada? Comparado com a maioria do ao pessoal daqui, que não tem esse hábito, ficamos bem destacados.

Não acho ruim o fato de nos comunicar com as mãos, mesmo por que além de já termos este hábito, com o fato de estarmos usando um outro idioma, os gestos nos ajudam a ilustar melhor o que estamos falando ou tentando falar.

5 comments:

K said...

E a gente nem se dá conta disso, né?

Sergio e Marilena said...

Eu sou daquelas que falam muito com as mãos. Até quando estou montando um texto no computador eu paro pra fazer um gesto. E o Sergio já fez este teste de segurar minhas mãos e eu não consigo concluir o raciocínio.
Os canadenses vão achar que estou sempre dançando!!!

Marilena

Re said...

É verdade, eu tb faço isso...precisa ver festa de família, todo mundo falando alto, falando com as mãos, todos ao mesmo tempo....uma loucura!
Ah, mas não me importo...nunca me senti mal ou prejudicada por isso....pelo menos aqui, né?
Bjs

guerson said...

Eu não me preocuparia muito pois muitos canadenses também falam com as mãos. Meu marido mesmo é um; ele nunca nem tinha se dado conta mas uma vez ele tentou falar sem usar as mãos e não conseguiu!

Um dos meus professores (esse é americano) na faculdade também gesticula muuuuito.

Jeanne said...

O Pedro teve um pouco de trabalho nas entrevistas de emprego para tentar mexer menos as mãos. Em uma mock interview o entrevistador disse q ficou até meio tonto de tanto que ele gesticulava. O truque foi sempre manter uma pasta sobre os joelhos e segurá-la, assim a "mãozinha nervosa" ficava quietinha no lugar.
Bjs